Só para começar, entender todos os termos que fazem parte da sigla LGBT+ já é complicado, como a gente tentou explicar nesse artigo aqui do blog. Por esse motivo, estão começando a surgir alguns cursos que falam sobre diversidade e ensinam mais sobre o universo colorido. Por isso, a grande pergunta é se vale a pena investir em um curso de diversidade LGBT.

Hoje em dia, vemos muitas empresas se aproximando da comunidade LGBT+. Absolut, MAC, Starbucks e Nike são apenas alguns dos nomes de muitas marcas demonstrando apoio pelo movimento LGBT+. Além disso, muitos sites como Huffpost, Põe na Roda e Observatório G se especializaram em falar de temas LGBT+. Ainda por cima, há uma diversidade de associações em defesa da causa LGBT+ em todo o Brasil.

Por isso, surgem cada vez mais cursos de diversidade, para capacitar as pessoas a se relacionar adequadamente com a comunidade LGBT+. Nesse cenário, existem cursos voltados para empresas e outros voltados para pessoas e, claro, com diferentes preços e objetivos.

O que é um curso de diversidade LGBT?

Pois bem, um curso de diversidade LGBT+ é basicamente um conjunto de conhecimentos mais aprofundado sobre questões sexualidade, gênero, identidade e expressão de gênero. Além disso, é desejável que um curso de diversidade LGBT+ aborde temas contemporâneos que devem ser enfrentados como estereótipos, discriminações e preconceitos.

Com isso, os cursos podem variar bastante em sua duração ou no grau de profundidade que será abordado. Além do mais, você pode encontrar uma diversidade de formatos, como workshops, congressos, cursos online, seminários, dentre outros.

Ao finalizar um curso de diversidade LGBT+, você deve conseguir diferenciar na ponta da língua gênero e sexualidade, além de reconhecer as mais diferentes minorias. E, claro, adquirir mais opiniões e ideias firmes no sentido de combater a LGBTfobia que assola a sociedade, especialmente no Brasil. Por isso, é fundamental também ter um conhecimento mais sociológico para compreender melhor como está e como deveria estar inserida a comunidade LGBT+ na sociedade como um todo.

Por que fazer um curso de diversidade LGBT?
Um dos principais motivos para fazer um curso de diversidade LGBT+ é compreender o próximo e ajudar a disseminar o conhecimento.

E, se você tem uma empresa ou trabalha com uma empresa que atua junto à comunidade LGBT+, seu objetivo é jamais cometer gafes ou cair na lista da vergonha como aconteceu com essas diversas grandes empresas criticadas pela revista Forbes. Afinal de contas, você respeita uma empresa que apoia aqueles que discriminam a sua comunidade? Tem vontade de comprar de uma empresa que põe uma pessoa heterossexual para dizer o que você tem que fazer? Pois é, está aí a importância de ter conhecimentos sobre diversidade.

Conheça alguns dos cursos de diversidade LGBT+

Atualmente, existem muitos cursos sobre diversidade, contudo não é tão fácil encontrar cursos de diversidade LGBT+. Uma das melhores formas é consultar uma ONG local ou a associação LGBT+ da sua cidade. Entretanto, separei alguns cursos para te mostrar nessa publicação:

Fundação Perseu Abramo

A Fundação Perseu Abramo, do Partido dos Trabalhadores, frequentemente fornece algum conteúdo gratuito sobre temas LGBT+. Fique de olho no site deles, pois é comum abrirem inscrições para cursos presenciais ou promoverem algum webinário sobre temas LGBT+.

Um dos cursos da Fundação Perseu Abramo foi sobre Cidadania LGBT e Respeito à Diversidade, amplamente divulgado. É possível ter uma palinha do curso utilizando este link aqui.

Escola Virtual do Governo

Eu ouvi falar muito bem deste curso ofertado pela Escola Virtual do Governo. Infelizmente, as inscrições já estavam esgotadas e não encontrei nenhum outro curso com os termos LGBT+ no site deles. Porém, a grade de conteúdos parece ser muito legal como você pode conferir neste link. Por isso, vale a pena ficar de olho para ver quando um curso será disponibilizado novamente sobre temas LGBT+.

Veduca + Serasa

Muita gente não gosta nem de ouvir falar em Serasa. Mas, nesse caso, fique de boa porque é um curso gratuito em parceria com a plataforma Veduca.

Além disso, é um curso que está disponível, com duração de 6 horas, abordando conceitos e histórias em torno da sigla LGBT+. Para se inscrever, basta clicar neste link.

Maira Reis

Guarde esse nome. Maira Reis é uma jornalista que já trabalhou muito escrevendo sobre a temática LGBT+. Atualmente, ela é reconhecida como uma das mais influentes vozes em termos de diversidade, com menções no BuzzFeed e com título de Top-Voice no LinkedIn.

Com todo o conhecimento da ativista, que também é parte da comunidade LGBT+, ela passou a atuar mais em educação voltada para a diversidade. Por isso, a Maira é uma palestrante muito reconhecida, participando até mesmo de eventos para empresas como a Microsoft. Ela também é fundadora da Camaleão, uma startup voltada a empregabilidade LGBT+, que citamos no nosso artigo sobre emprego da população LGBT+.

Conheça a ativista Maira Reis
A ativista e jornalista Maira Reis é uma das vozes mais influentes, respeitadas e conhecedoras do universo LGBT+. Créditos da imagem: reprodução do site mairareis.com

Em geral, a maior parte dos cursos da Maira Reis é voltada para empresas que querem implantar uma cultura de diversidade ou se relacionar melhor com a comunidade LGBT+. Entretanto, no site dela, mairareis.com, a gente encontra vários materiais gratuitos, como e-books de termos LGBT+ e linguagem neutra de gênero, além de vários artigos super didáticos (tipo esse aqui) e também seu grupo no Telegram.

Por outro lado, a Maira também comercializa infoprodutos na plataforma de ensino Hotmart. Os cursos comercializados por ela são o “Mais Mimimi“, um curso completo sobre diversidade com foco em empresas, além do “Oh, Amada, descomplica!“, um curso mais simples (e barato) voltado a quem quer ser um entendedor 5 estrelas do universo colorido. Os cursos podem ser até um pouco caros, mas a autoridade toda da Maira em relação a temas LGBT+ compensa cada centavo.

Então, vale a pena um curso de diversidade LGBT?

O mais complicado em fazer um curso de diversidade LGBT+ é saber se o conteúdo está correto e atualizado. Afinal de contas, mesmo sendo um curso gratuito, não queremos aprender nada errado. Assim sendo, se você quiser fazer um curso gratuito das fontes que citei aqui, siga em frente sem medo. Caso contrário, dê uma pesquisada!

Por outro lado, quando o curso de diversidade LGBT+ é pago, a história muda um pouco. Ao investir num curso pago, você estará aprendendo com mais profundidade sobre diversas minorias e estratégias. Assim, se você é um profissional que trabalha junto ao público LGBT+, o curso se mostrará fantástico para seu desempenho.

Por isso, na minha opinião, acredito que investir num curso de diversidade LGBT+ pode fazer muito sentido se você se encaixa em alguma dessas situações: (i) se você tem um negócio que comercializa produtos para o público LGBT+, (ii) se você faz parte de uma associação que defende direitos LGBT+ ou (iii) se seu trabalho envolve o relacionamento com o público LGBT+. Com esse curso, você aprenderá um pouco mais e poderá fazer um networking incrível com outras pessoas que também atuam na causa LGBT+. Dessa maneira, terá mais informações para construir argumentos e difundir o respeito pela comunidade LGBT+.

Entretanto, nos demais casos, investir num curso de diversidade pode nem sempre ser necessário. Por isso, é possível fazer cursos gratuitos para conhecer as minorias, mas nem sempre com o nível de profundidade que um especialista precisa ter. Por isso, fique de olho em ONGs e associações locais que promovem eventos como oficinas e workhops gratuitos sobre temas LGBT, que geralmente têm uma figura de autoridade palestrando. Agora, claro, se você tem o desejo em adquirir um profundo conhecimento LGBT+, pode investir em um curso sem medo.